Skip to main content
CAPA

5 erros que você DEVE EVITAR em estratégias da sua agência de viagens!

Trabalhar com uma agência de viagens é enfrentar grandes desafios todos os dias, como em todo tipo de negócio, erros em estratégias podem gerar grandes prejuízos, perdas e até inviabilizar futuros negócios e vantagens. Erros em estratégias de negócios para agências de viagens e turismo são mais comuns do que se imagina, mas com antecipação e um bom planejamento podem ser evitados. A seguir, confira algumas informações interessantes e falhas que você pode evitar na sua agência de viagens. 

1- Não estar atento a eventos e novidades do mercado
A quantas feiras e eventos de turismo você compareceu nos últimos cinco anos? Quanto tempo passou no último mês encontrando colegas e amigos ligados ao mercado, e discutiu ideias aplicadas em outras agências (da sua região ou de fora)? Quantas horas por semana você passa pesquisando sobre concorrentes e sobre ideias feitas por outras empresas, e que podem ser adaptadas ao seu modelo de agência para gerar melhorias?

E se já realiza tais rotinas, você tem o hábito de repassar ideias para o seu time de negócios e prospecção? Como gestor e líder, você sempre deve ter a iniciativa de mostrar o melhor caminho e orientar a equipe. Esse ponto é interessante por outra razão: quando você mostra ao time como fazer e a importância de ter conhecimento para melhorar o atendimento, acaba motivando mais seus colaboradores a se dedicarem na busca por novos resultados. Propor dinâmicas de grupos e reuniões coletivas para a criação de novas ações e campanhas (brainstorm), podem ser uma forma de estimular periodicamente novos planos de ação.

2 – Não estar disponível para feedbacks do seu cliente.
Ter contato direto e frequente com seus compradores pode te ajudar a pensar como eles e a entender melhor quais são suas dores e necessidades! Assim, você consegue criar novas oportunidades de negócio. Avalie sempre com cautela quais são os problemas e dificuldades primordiais e use essas informações para repensar seus pacotes e sua organização. Se trabalha com um CRM e um banco de dados com histórico e registro de atendimento de serviços prestados, você pode ter um conjunto rico de informações para serem explorados.

Avaliações desse tipo são menos comuns do que parecem e podem ser determinantes para a criação de produtos que seus concorrentes ainda não possuem – sua agência pode ser pioneira em novos segmentos inteiros de business. No mercado do turismo, há um certo consenso sobre como é mais eficaz estabelecer (e renovar) vínculos com antigos clientes do que tentar apenas angariar novos. Pense nisso!

3 – Não oferecer serviços especializados e direcionados.
Em um mercado como o de turismo, tão dinâmico e focado em um público ávido por novidades, manter seu portfólio de serviços atualizados é essencial! Competitividade gera mudanças e a tendência é que, quanto maior a briga por uma fatia do mercado, mais novidades surgirão. É com inovação que uma agência de turismo encontra um caminho para se destacar dos concorrentes. Hoje existem softwares preparados para fazer isso. Como? 

Dinamizando as vendas, ajudando na prospecção, atendimento e relacionamento de clientes, além de munir os agentes com informações valiosas sobre o consumidor para aumentar a capacidade de vendas e as propostas mais direcionadas à demanda real de cada um deles.

4 – Encarar o marketing e a comunicação como despesa (e não investimento).
Investir em marketing fortalece o nome da sua marca e faz com que mais clientes e empresas se lembrem dos seus serviços. Empresas pouco habituadas com a cultura do marketing podem pensar que qualquer tipo de publicidade paga ou mídia é uma despesa e não um investimento – isso é um erro! Para atrair os clientes, investir em conteúdo de inbound marketing ou em e-mail marketing para uma comunicação direta e criação de réguas de relacionamento, podem ser grandes aliados para seu negócio. O uso de chatboots (aplicativos que podem responder inbox as dúvidas frequentes dos seus clientes, ou direcioná-los aos hotsites) pode ser uma boa opção para enviar conteúdo relevante.

É possível que se gaste muito e não tenha resultados, como também é possível investir bem pouco e atrair o público desejado, em todos os casos, é necessário contar com a ajuda de profissionais do segmento e adotar uma estratégia que atinja as pessoas focadas nos seus serviços. Assim, não se pode prever que um anúncio, seja no Facebook, no Instagram ou mesmo em revista de grande circulação, vai resolver todos os problemas. Na dúvida, procure o auxílio de profissionais experientes do marketing e avalie a criação de um plano de negócios que pode ser mais assertivo para o seu formato de agência. 

5 – Não divulgue conteúdo e faça anúncios falando APENAS dos seus serviços!
Falar apenas das suas ofertas é o primeiro passo para o cliente se sentir incomodado e até desejar não querer mais receber informações e posts seus  – seja no Facebook, newsletter, e-mail marketing, whatsapp, etc. Em geral, empresas e agências de viagem postam sempre as mesmas coisas nas redes sociais? O potencial cliente quer receber informação útil, dicas, informações interativas, divertidas, etc. Por isso, é tão importante que você conheça seu público, para poder oferecer algo realmente valioso para ele.

Um comentário em “5 erros que você DEVE EVITAR em estratégias da sua agência de viagens!

Deixe um comentário