Skip to main content
(CORPORATIVO)---03-04--blog

Sem perder tempo! 4 mitos que você precisa abandonar sobre eventos corporativos

1 – Eventos são sempre repetitivos e sem inovação: se você não buscar um diferencial e não utilizar ideias para inovar seu evento, ele certamente não apresentará novidades e deixará poucas lembranças para o público! Um dos mitos de eventos no mundo corporativo é ligado a certa repetição que eventos empresariais têm.

Além de entender seu público, é preciso pensar em como os seus objetivos podem direcionar a programação do seu evento, com atividades e acontecimentos que o transformem em uma experiência memorável! Pense em interatividade, invista em experiências dinâmicas, informações relevantes e, também, em formatos pouco usados de palestras e de ações.

Leia também nosso material sobre Ideias incríveis que elevarão seus eventos a um novo nível!

2 – Nem sempre você precisará de um alvará: em tempos em que várias leis e regimentos de segurança são alvo de questionamento, muitas organizações – a fim de reduzirem custos – tentam realizar projetos e eventos reduzindo ao máximo os gastos necessários, cortando tudo o que for possível, inclusive documentação. Isso é um erro!

Quando falamos de legislação e de problemas ligados à segurança do público (envolvendo autorização de bombeiros, certificação de estruturas etc.), certas negligências podem resultar em grandes problemas e perdas. Independentemente da burocracia, a documentação, como eventuais licenças, é indispensável. Toda a parte burocrática (envolvendo Prefeitura e demais órgãos) garante que você, no fim, tenha um evento tranquilo e seguro para todos.

3 – Eventos apenas devem ser feitos com um alto orçamento disponível!

Na realização de um evento, tudo pode ser adaptável! É possível realizar eventos marcantes com pouco orçamento. Uma boa interação, por exemplo, vai além de um RSVP (confirmação de presença). Sistemas de hotsite pré-evento, linhas de 0800, e-mail marketing e utilização das redes sociais (e wi-fi) para interagir com os convidados demonstram clareza e criam vínculos com sua organização.

Quando possível, tente negociar com os fornecedores certos, buscar os melhores preços para se obter estrutura e materiais (considerando até mesmo permutas, em alguns casos). Seu evento tem algum viés para o lado social/beneficente? Quando isso ocorre, muitas empresas e parceiros que já possuem essa cultura podem se interessar em colaborar com o evento em condições mais acessíveis, pela oportunidade de atuarem junto à causa. Atualmente, um dos grandes diferenciais está, justamente, na experiência pessoal entre marcas e pessoas. Pense nisso!

4 – É irrelevante avaliar feedbacks depois do fim de um evento: esta é talvez uma das grandes falácias sobre eventos corporativos. Seu evento acabou? Ainda há muito trabalho a ser feito! Não deixe de ouvir a opinião dos participantes, de conferir comentários na página/no perfil do evento e, ainda, de observar a repercussão na mídia. Converse com colaboradores, clientes, parceiros e fornecedores. Atente-se aos pontos positivos e negativos e às sugestões de melhoria. Todas essas informações podem ajudar muito para rever objetivos e para pensar nos próximos projetos.

Deixe um comentário